Jessica Sandin, do Nubank: "RH deve estar com o básico impecável antes de inovar"

Terceiro episódio do Flash Talks com Jessica Sandin, diretora do Nubank: "RH deve estar com o básico impecável antes de inovar".

Flash

As transformações do mundo pós-pandemia vêm acelerando o surgimento de novas tecnologias no RH. Isso significa rever estratégias, automatizar processos e preparar o ambiente para uma mudança de mentalidade.

Convidamos Jessica Sandin, diretora no Nubank e criadora do projeto Carreira sem Filtros, para debater com Alana Azevedo, diretora de pessoas e cultura da Flash, sobre esse novo momento da gestão 4.0. A conversa acontece no 3º episódio do Flash Talks, o programa de entrevistas da Flash.

Com mais de 12 anos de experiência na área de recursos humanos em empresas como Mastercard, Symantec e Basf, Jessica acredita que o RH está em fase de experimentação.

"O grande desafio no RH hoje é azeitar a tecnologia com o lado humano. Precisa haver uma combinação para que um potencialize o outro, e não um substitua o outro. Esse ponto de equilíbrio não é o mesmo para todas as indústrias. Precisamos conscientizar os líderes de que não existe receita de bolo e a dose deve ser ajustada caso a caso", diz Jessica.

Alana Azevedo concorda e aproveita para fazer uma ressalva: o grande desafio de aumentar a tecnologia e escalar os processos, como os de recrutamento e seleção, é não deixar que as pessoas se sintam desumanizadas.

"A tecnologia vem para simplificar processos complexos, mas essa implementação precisa reforçar o cuidado, a abordagem e a conexão humana", pontua Jessica.

Como exemplo, Alana Azevedo traz a tecnologia nos benefícios, que possibilita à empresa olhar de maneira mais humana e personalizada para as necessidades do colaborador. "Eu ouvia muitas pessoas falarem: 'Meu benefício não é benefício pra mim'. Com tecnologias como a da Flash, conseguimos proporcionar mais liberdade para que as pessoas usem seu saldo de maneira mais flexível dentro da sua individualidade", diz Alana.

Para Jessica, isso é o futuro do RH. “Precisamos aprender a diversificar e personalizar ferramentas de compensação, recompensa, retenção e fidelização. E isso só acontece entendendo quem é o nosso cliente interno, o que o motiva, o engaja e o impacta positivamente. O que mantém essa pessoa com a gente para além do trabalho?”

Antes de encerrar a conversa, as executivas apresentam práticas que podem ajudar empresas na transição para o RH 4.0. "Antes de pensar em ações disruptivas, assegure-se que o básico está impecável", aconselha a líder do Nubank.

Assista ao teaser do Flash Talks

Quer assistir ao episódio completo? Clique aqui!

Se gostou do conteúdo, continue no site da Flash para saber mais sobre as nossas soluções flexíveis!

ENTRE EM CONTATO

Preencha o formulário e venha ser Flash

Agende uma demonstração e conheça o lado rosa da gestão de benefícios, pessoas e despesas.

Business

20 mil

empresas

Smile

1 milhão

usuários

Premium

5 bilhões

transicionados

Centralize sua gestão de benefícios, pessoas e despesas corporativas em um só lugar

Descubra nossas soluções

Não enviaremos Spam ✌️