Gestão empresarial: o que é, pilares e a importância para empresas

Saber fazer uma boa gestão empresarial é fundamental para garantir a operação de qualquer empresa saudável financeiramente. Confira neste artigo como fazer!

Flash

Uma empresa é uma organização com fins lucrativos. Ela dispõe de recursos que devem ser geridos visando a eficiência, a rentabilidade, o crescimento e a evolução técnica. Para tudo isso, uma boa gestão empresarial também é fundamental, indispensável e é sobre isso que falaremos neste conteúdo.

Falaremos sobre o conceito de gestão empresarial e seus pilares, alguns tipos de gestão empresarial, sua importância e alguns passos indispensáveis para aplicar um bom gerenciamento em sua empresa. Acompanhe conosco!

O que é gestão empresarial?

Gestão empresarial refere-se ao processo de supervisionar e dirigir todos os aspectos de um negócio, desde o planejamento e organização até finanças, marketing e recursos humanos. Também inclui coordenar e gerenciar as várias atividades e funções de uma empresa, a fim de atingir suas metas e objetivos de forma eficaz.

Em essência, a gestão empresarial envolve o gerenciamento, a coordenação e a organização das atividades empresariais. Inclui a produção de materiais, a gestão financeira, além do desenvolvimento de estratégias de crescimento e expansão.

Os gestores e administradores desempenham um papel crucial para garantir o sucesso de um negócio, tomando decisões, estabelecendo metas e criando planos que maximizam os lucros e minimizam os riscos. O gerenciamento eficaz de negócios requer uma série de habilidades, incluindo liderança, comunicação, resolução de problemas e tomada de decisões.

Os 4 pilares da gestão empresarial

A gestão empresarial tem quatro principais pilares para a sua execução e realização. Veja a seguir.

Planejamento estratégico

O planejamento estratégico envolve não apenas o planejamento de ações, mas também a definição de ações e estratégias para que a empresa possa crescer de forma escalável, com redução de custos e desenvolvimento pleno de todas as suas áreas. Envolve um olhar amplo para o futuro, considerando aspectos internos e externos, projeções sobre mercado, riscos representados por diversos fatores e diagnóstico atual do negócio.

Mensuração das ações

Toda ação de uma empresa tem custos e pode, ou não, trazer lucros. Mensurar todas as ações, tanto do ponto de vista financeiro, como sob outras perspectivas, também é um dos pilares da gestão empresarial. A gestão de negócios precisa ser feita com dados, por isso, os gestores estão sempre munidos de gráficos, dashboards e outras análises de dados.

Tecnologia

A tecnologia também é um dos pilares da gestão empresarial. O gerenciamento decide, planeja e controla as tecnologias que a empresa utiliza hoje e utilizará no futuro, entendendo os potenciais, riscos e custos de cada uma para a sobrevivência do negócio. Se no passado usamos papel, passamos à internet e estamos em uma fase de automação, no futuro, gestores cada vez mais usarão Inteligência Artificial e outras tecnologias. É preciso entender os prós e contras de cada solução.

Recursos humanos

Não se faz uma empresa sem colaboradores. É também um dos pilares da gestão empresarial assegurar que o negócio disponha de uma boa equipe, que seja preparada, engajada, apta a se desenvolver e tratada conforme mandam as convenções de trabalho. Funções que são delegadas à área de RH, mas que dizem respeito à gestão empresarial.

Qual é a importância da gestão empresarial?

A gestão empresarial desempenha um papel crucial para garantir o sucesso e o crescimento de uma empresa. Quando feita de maneira eficaz, ela ajuda a fornecer serviços e produtos de boa qualidade, o que, por sua vez, aumenta resultados e leva a mais lucros para a empresa.

Além disso, a gestão empresarial eficaz pode levar a uma série de benefícios, incluindo melhor desempenho financeiro, aumento da produtividade, maior satisfação do cliente, maior envolvimento dos funcionários e melhor gerenciamento de riscos para o negócio. Os gerentes de negócios supervisionam todos os aspectos de um negócio, desde finanças e operações até marketing e recursos humanos.

Em resumo, a gestão empresarial é essencial para uma empresa porque ajuda a maximizar os lucros, melhorar o desempenho financeiro e garantir o sucesso geral e o crescimento da empresa.

O gerenciamento eficaz de negócios envolve a supervisão de todos os aspectos de uma empresa e a tomada de decisões baseadas em dados e também no conhecimento do mercado, além de know-how comercial sólido.

O papel essencial do gestor empresarial

Um gestor empresarial é responsável por supervisionar e dirigir todos os aspectos de um negócio, desde o planejamento e organização até as finanças, marketing e recursos humanos. Eles são responsáveis ​​por criar e implementar planos estratégicos e estabelecer metas que maximizem os lucros e minimizem os riscos.

Os gestores de negócios também desempenham um papel crucial no gerenciamento da coordenação e organização das atividades comerciais, incluindo a produção de materiais, o gerenciamento de recursos financeiros, o desenvolvimento de estratégias de crescimento e expansão.

Os gestores empresariais têm uma ampla gama de responsabilidades, que podem variar dependendo do tamanho e da natureza da companhia. Algumas das responsabilidades de um gerente de negócios incluem:

  • Desenvolver metas e objetivos de gestão empresarial que levem ao crescimento e prosperidade.
  • Supervisionar as atividades de outros trabalhadores e garantir que a empresa ou departamento esteja no caminho certo para atingir seus objetivos.
  • Contratação, treinamento e avaliação de novos funcionários.
  • Supervisionar a produtividade dos funcionários e fornecer processos internos para melhorar a eficiência, respeitando as diretrizes legais.
  • Fornecer dados e relatórios para a direção executiva, a fim de ajudá-los a tomar decisões com fundamento sobre o negócio.

Além dessas responsabilidades, os gestores empresariais também devem possuir uma série de habilidades, incluindo liderança, comunicação, resolução de problemas e tomada de decisão, a fim de gerenciar com eficácia suas equipes e tomar decisões estratégicas que contribuam para o sucesso da organização.

Tipos de gestão empresarial

Existem alguns tipos diferentes de gestão empresarial aplicados nas organizações. Veja alguns dos mais comuns:

Meritocrático

O regime meritocrático é amplamente adotado. Nele, os colaboradores são recompensados conforme a sua performance. Costuma ser o mais justo, mas demanda uma avaliação criteriosa dos trabalhos de todos a fim de evitar desequilíbrios.

Autocrático

O regime autocrático é baseado na vontade individual de uma pessoa só, normalmente, dono(a) da empresa. É mais comum em empresas pequenas e familiares. Ao passo que permite decisões rápidas, pode estar mais sujeito a vícios gerenciais, como decisões tomadas por impulso e atuação de bajuladores.

Democrático

O regime democrático define que as decisões empresariais são tomadas de maneira coletiva, com a opinião e a vontade da maioria sendo considerada predominante. Costuma ter comissões, conselhos e consultas abertas à equipe.

Cadeia de valor

A cadeia de valor, que pode ser praticada junto às outras formas de gestão mencionadas anteriormente, prevê que cada etapa de produção da empresa agregue valor à mercadoria ou serviço, de forma que ele chegue ao cliente final da melhor forma possível.

Ciclo de inovação

O ciclo de inovação também é uma forma de gerir uma empresa que pode ser combinada a outros tipos de gestão. Aqui, o negócio realiza uma série de ações para gerar inovação constante: brainstorm, pesquisa e desenvolvimento, testagem controlada, análise de resultados, parcerias e joint ventures, entre outras medidas.

Quais são as melhores ferramentas de gestão empresarial?

Veja a seguir algumas ferramentas utilizadas pelas empresas e pelos gestores para se atingir uma boa administração de negócios.

5W2H

É uma ferramenta utilizada para compor planos de ação de forma rápida e eficiente. O 5W2H é um checklist de atividades, prazos e responsabilidades que devem ser desenvolvidos de forma clara e eficiente por todos os envolvidos em um projeto. Define o que (what) será feito, por que (why), onde (where), quem fará (who), quando será feito (when), como será feito (how) e quanto custará (how much).

Matriz GUT

É uma ferramenta usada para priorizar tarefas e estratégias. Baseia-se em três critérios: gravidade, urgência e tendência. Para cada um desses critérios, é atribuída uma pontuação de 1 a 5. Esses valores são então multiplicados para obter a pontuação GUT. A lista é então classificada da maior para a menor pontuação.

Matriz SWOT

É uma ferramenta utilizada no planejamento estratégico que fornece uma visão geral de um negócio. Examina o ambiente interno e externo de uma organização para identificar oportunidades de melhoria e otimização de desempenho. A sigla SWOT significa Strengths (forças), Weaknesses (fraquezas), Opportunities (oportunidades) e Threats (ameaças).

Ciclo de Deming

É um modelo de melhoria contínua da qualidade que consiste em uma sequência lógica de quatro estágios principais: Planejar, Fazer, Estudar e Agir. Foi introduzido por Walter A. Shewhart na década de 1920. O ciclo de Deming também é conhecido como ciclo Plan-Do-Study-Act (PDSA).

5 Forças de Porter

As 5 forças de Porter são uma estrutura para analisar as forças competitivas que impulsionam uma indústria. As cinco forças são: concorrência no setor, potencial de novos entrantes no setor, poder dos fornecedores, poder dos clientes e ameaça de produtos substitutos.

Balanced Scorecard

É uma ferramenta de gestão estratégica que ajuda as organizações a alinhar suas atividades à sua visão e estratégia. Ela é usada para medir e fornecer feedback às organizações sobre o quão bem elas estão cumprindo suas metas e objetivos estratégicos.

Matriz Ansoff

É uma ferramenta de planejamento estratégico que fornece uma estrutura para ajudar as empresas a determinar sua estratégia de crescimento de produto e mercado. Ela é usada para identificar novas oportunidades de crescimento, observando se o negócio deve desenvolver novos produtos ou serviços ou entrar em novos mercados.

Análise Pest

Ferramenta estratégica utilizada para analisar os fatores macroambientais externos que afetam uma organização. Significa Fatores Políticos, Econômicos, Sociais e Tecnológicos.

Business Model Canvas

É uma ferramenta de gestão estratégica que ajuda as empresas a desenvolver modelos de negócios novos ou existentes. O Business Model Canvas é um gráfico visual com elementos que descrevem a proposta de valor, infraestrutura, clientes e finanças de uma empresa ou produto.

7 dicas de gestão empresarial para marketplaces

Gerenciar o seu marketplace requer planejamento e execução cuidadosos. A seguir, estão algumas das principais etapas que um empresário deve considerar para gerenciar seus negócios de forma eficaz em plataformas de marketplace:

  • 1. Escolha um setor viável: o primeiro passo é identificar um setor próspero que tenha uma demanda significativa pelos produtos ou serviços que você oferece. Isso pode ser mais vantajoso do que criar uma plataforma generalista, fazendo com que a sua empresa bata de frente com as gigantes do setor.
  • 2. Defina sua proposta de valor exclusiva: depois de identificar o setor, a próxima etapa é definir sua proposta de valor exclusiva. Isso é o que o diferencia de seus concorrentes e atrai clientes para sua plataforma.
  • 3. Avalie o tamanho do seu mercado: é essencial realizar uma pesquisa de mercado para determinar o tamanho do seu mercado-alvo e o nível de concorrência no setor. Isso prepara a sua empresa para enfrentar riscos e ameaças.
  • 4. Desenhe seu modelo de distribuição: o modelo de distribuição determina como você entregará seus produtos ou serviços a seus clientes. Você precisa considerar vários fatores, como logística de envio, processamento de pagamentos e suporte ao cliente.
  • 5. Escolha o modelo de negócios certo: há vários modelos de negócios a serem considerados, como modelos baseados em comissão, modelos baseados em assinatura, formatos com taxas e modelos baseados em publicidade. Você precisa escolher aquele que se alinha com seus objetivos de negócios e público-alvo.
  • 6. Reúna os principais recursos: depois de projetar o modelo de negócios, é hora de reunir os principais recursos que tornarão sua plataforma funcional e fácil de usar. Esses recursos podem incluir um painel para gerenciar pedidos, ferramentas de gerenciamento de usuários e de gerenciamento de produtos. Tudo isso você encontra em uma plataforma completa de marketplace como o Ideia no Ar.
  • 7. Comece com uma fase de protótipo: antes de investir tempo e recursos em sua ideia de aplicativo de mercado, é crucial começar com uma fase de protótipo. Essa fase envolve pesquisar o mercado, identificar as necessidades do cliente e validar sua ideia. Seguindo essas etapas, você pode gerenciar seus negócios de maneira eficaz em uma plataforma de marketplace e aumentar suas chances de sucesso.

Conclusão

A gestão empresarial, para todo e qualquer modelo de negócio, faz a diferença para assegurar o sucesso da companhia. Como você viu nesse conteúdo, diversos fatores podem influenciar nas decisões estratégicas, mas as técnicas e as ferramentas de gestão disponíveis ajudam essas responsabilidades a serem cumpridas de forma mais ampla e eficaz. Continue acessando nossos conteúdos para saber mais sobre negócios digitais.

FAQ

O que é gestão empresarial?

Gestão empresarial refere-se ao processo de supervisionar e dirigir todos os aspectos de um negócio, desde o planejamento e organização até finanças, marketing e recursos humanos. Também inclui coordenar e gerenciar as várias atividades e funções de uma empresa, a fim de atingir suas metas e objetivos de forma rentável. Em essência, a gestão empresarial envolve o gerenciamento, a coordenação e a organização das atividades empresariais, incluindo a produção de materiais, o gerenciamento de recursos financeiros, além do desenvolvimento de estratégias de crescimento e expansão.

O que faz um gestor empresarial?

Um gestor empresarial é responsável por supervisionar e dirigir todos os aspectos de um negócio, desde o planejamento e organização até as finanças, marketing e recursos humanos. Eles são responsáveis ​​por criar e implementar planos estratégicos e estabelecer metas que maximizem os lucros e minimizem os riscos. Os gestores de negócios também desempenham um papel crucial no gerenciamento da coordenação e organização das atividades comerciais, incluindo a produção de materiais, o gerenciamento de recursos financeiros, o desenvolvimento de estratégias de crescimento e expansão.

Como fazer Gestão empresarial em marketplaces?

Gerenciar o seu marketplace requer planejamento e execução cuidadosos. A seguir, estão algumas das principais etapas que um empresário deve considerar para gerenciar seus negócios de forma eficaz em plataformas de marketplace:

  • 1. Escolha um setor viável;
  • 2. Defina sua proposta de valor exclusiva;
  • 3. Avalie o tamanho do seu mercado;
  • 4. Desenhe seu modelo de distribuição;
  • 5. Escolha o modelo de negócios certo;
  • 6. Reúna os principais recursos;
  • 7. Comece com uma fase de protótipo.

Este conteúdo foi desenvolvido em parceria com o Ideia no Ar.

ENTRE EM CONTATO

Preencha o formulário e venha ser Flash

Agende uma demonstração e conheça o lado rosa da gestão de benefícios, pessoas e despesas.

Business

20 mil

empresas

Smile

1 milhão

usuários

Premium

5 bilhões

transicionados

Centralize sua gestão de benefícios, pessoas e despesas corporativas em um só lugar

Descubra nossas soluções

Não enviaremos Spam ✌️