De Pequena Lo a Miguel Nicolelis: veja destaques do Flash Humanidades

Evento da Flash reuniu Pequena Lo, Miguel Nicolelis e outros convidados para discutir o impacto da inovação nas organizações.

Flash

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo.

A convergência entre novas tecnologias digitais, físicas e biológicas, as transformações e as inovações no mercado de trabalho e como esses fatores afetam a essência do humano na cultura das empresas foram temas centrais do Flash Humanidades, primeiro evento proprietário da Flash, que aconteceu nesta quarta-feira (10/8), em São Paulo, e culminou com a premiação do Think Work Flash Innovations.

Em formato híbrido, o encontro contou com 350 convidados e centenas de espectadores online que se reuniram para ouvir algumas das vozes mais relevantes sobre o assunto.

No estúdio com transmissão online, comandado pela jornalista Adriana Araújo, passaram os executivos da Flash Alana Azevedo, diretora de pessoas e cultura da Flash, e Rafael Maia, Chief Revenue Officer; os idealizadores do prêmio Think Work Flash Innovations e a embaixadora da Flash, Pequena Lo. “Estamos muito felizes de poder reunir tanta gente inovadora no mesmo lugar e discutindo um assunto que é cada vez mais importante para as empresas e para os RH’s”, destacou Maia.

No palco principal, os sócios-fundadores da Flash Ricardo Salem e Guilherme Lane ressaltaram a importância da tecnologia para solucionar as “dores” das empresas e como a Flash vem há três anos revolucionando o mercado de benefícios no Brasil, sempre colocando o bem-estar e as necessidades das pessoas no centro de suas inovações. E fizeram uma convocação aos presentes: "Mostrem-nos as suas dores, as suas necessidades, que nós estamos ansiosos para trabalhar juntos e resolvê-las", disse Ricardo Salem, CEO da Flash, antecipando que muitas novidades estão chegando para a gestão de gastos corporativos.

[caption id="attachment_16182" align="aligncenter" width="648"] Ricardo Salem e Guilherme Lane fazem abertura da primeira edição do Flash Humanidades[/caption]

Imagem não encontrada

Inovação tecnológica versus humanos: O futuro que queremos

Os painéis do Flash Humanidades buscaram elucidar justamente como as inovações ajudam no desenvolvimento das empresas, mas também trazem grandes desafios. Afinal, como resolver paradoxos da tecnologia e colocar o humano no centro do debate?

Para o médico, neurocientista e professor emérito da Universidade Duke (USA) Miguel Nicolelis está resposta depende de como os seres humanos vão fazer uso da tecnologia. "Máquina vs humanos: aliados ou inimigos?" foi o tema da sua fala. "Nenhuma máquina se iguala, em complexidade, ao cérebro humano. O futuro precisa ser centrado nos seres humanos. Se o foco ficar apenas no digital, todos pensarão do mesmo jeito e perderemos os diferenciais que nos tornam únicos, que possibilitam novas descobertas", disse Nicolelis.

O indiano Raj Sisodia, precursor da teoria "healing organisations" (ou empresa que cura), ressaltou a importância de mudar o mindset das companhias para o que ele chama de Revolução Humana. Resumidamente, ele prega uma nova visão empresarial que deixa de lado a busca incessante pelo lucro a qualquer custo e dá prioridade às pessoas, a felicidade e realização pessoal dos funcionários e dos clientes. "Nós, humanos, somos a fonte, os criadores, e não apenas um recurso que se esgota. As pessoas precisam ser priorizadas, as empresas precisam ter uma visão de negócios centrada na vida."

No bate-papo “O Futuro que Queremos”, sobre inclusão, diversidade e inovação, as executivas de RH Ana Carolina Azevedo (Google), Ana Paula Franzoti (Unilever) e Flávia Porto (Yara Brasil) compartilharam ações e projetos inspiradores. Em pauta, iniciativas de inclusão social, programas de capacitação e aceleração de competências e, principalmente, os resultados alcançados quando as empresas mudam o olhar para questões como raça, gênero e inclusão social.

Para encerrar a noite, o prêmio Think Work Flash Innovations reconheceu os melhores projetos do ano na área de Recursos Humanos. Foram 12 projetos premiados, entre 277 inscritos, além do grande vencedor da noite, eleito pela platéia.

Para conferir saber tudo que aconteceu no Flash Humanidades, acompanhe também nossa página no LinkedIn!

ENTRE EM CONTATO

Preencha o formulário e venha ser Flash

Agende uma demonstração e conheça o lado rosa da gestão de benefícios, pessoas e despesas.

Business

20 mil

empresas

Smile

1 milhão

usuários

Premium

5 bilhões

transicionados

Centralize sua gestão de benefícios, pessoas e despesas corporativas em um só lugar

Descubra nossas soluções

Não enviaremos Spam ✌️