Licença PET e plano de saúde: empresas como Mars e GetNinjas criam benefícios para os “pais” de pet

Cada vez mais empresas oferecem benefícios para os pets de seus colaboradores. Entenda como eles funcionam e veja os cases de Mars, GetNinjas e Petz.

Flash

 

Com cerca de 139,3 milhões de animais de estimação, o Brasil é o terceiro país do mundo quando o assunto são pets, segundo dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação).

Esses números impressionantes ajudam a entender uma tendência que vem ganhando força no mundo corporativo: a oferta de benefícios para os animais de estimação.

Segundo dados da 31ª Pesquisa de Benefícios da consultoria Mercer Marsh, de 2023, cerca de 7% das empresas brasileiras contam com alguma ação pet friendly.

Ainda de acordo com o levantamento, que ouviu 850 companhias no país, entre aquelas que não possuem nenhuma ação, 6% planejavam fazê-lo nos próximos 12 meses.

Do tradicional PET day até mesmo a oferta de licença PETernidade e licença-luto para animais de estimação, são muitos os novos benefícios criados para os funcionários que se autodenominam “mães” ou “pais” de pet.

Mas, como esses benefícios funcionam, na prática? E quais os ganhos, para as empresas, de apostar em subsídios como estes?

O blog da Flash conversou com especialistas e empresas que oferecem essas benesses e te explica tudo sobre a tendência. Continue lendo o artigo para entender!

A importância dos pets nos dias atuais

O termo “pai” ou “mãe” de pet não surgiu à toa. Na esteira do crescimento no número de animais de estimação, aumentou também a importância dos pets nos dias de hoje.

Prova disso é que, segundo um levantamento realizado pela Consumer Affairs, plataforma de análise de consumo, nos Estados Unidos, 58% dos millennials (nascidos entre 1980 e 1995) preferem ter animais de estimação do que filhos.

No Brasil, embora já estivesse em uma crescente nos últimos anos, a presença de animais de estimação nos lares brasileiros, majoritariamente cães e gatos, ganhou um empurrãozinho extra durante a pandemia de Covid-19.

Prova disso é que, segundo o Radar Pet 2021 do Sindan (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal), cerca de 30% dos bichos de estimação do Brasil naquela época haviam sido adotados durante a crise sanitária.

“Muitas pessoas recorreram aos pets como forma de companhia durante o isolamento”, diz Yasmin Conolly Carolino, especialista em comportamento de consumo e inovação.

Porém, com o fim das medidas sanitárias e, principalmente, com a volta ao trabalho presencial, muitos funcionários tiveram de lidar com pets com problemas de comportamento.

Afinal, grande parte dos bichanos estava acostumada a ter os tutores em casa em tempo integral. Surgiu aí uma demanda por novos benefícios para garantir o bem-estar de animais (e tutores) no novo contexto.

“As empresas viram que se quisessem atrair de volta os funcionários para os escritórios era preciso tornar o ambiente mais amigável e menos hostil para os animais. Isso porque os próprios funcionários passaram a valorizar os momentos de descompressão que tinham com o pet em casa”, afirma Yasmin.

Licença PET: O que é e como funciona

Um dos benefícios para pais de animais que se tornaram populares nos últimos anos foi a licença PET ou licença PETernidade. Cada empresa conta com uma política diferente, mas a ideia é oferecer ao funcionário dias de folga para ajudar nos primeiros dias de adaptação do novo animalzinho.

Na Mars, dona de marcas como Pedigree, Whiskas e Royal Canin, desde 2021 os funcionários têm direito a um dia de licença ao adotar ou comprar um gato ou cachorro. Além disso, os colaboradores da empresa também contam com o benefício da licença luto pet, quando o animalzinho morre.

“Respeitar o luto nesse momento também é essencial, uma vez que reconhecemos que o pet é parte da família”, explica Simone Karpinskas, diretora de Recursos Humanos da Mars Petcare.

O benefício funciona de forma semelhante na Petz, maior rede de pet shops do país. Porém, por lá, além de permitir a criação de uma conexão entre pets e tutores, a ideia foi incentivar a adoção responsável.

Por isso, os funcionários que adotam animais de estimação têm direito à licença pet, que prevê dois dias de afastamento. Para usufruir do benefício, os colaboradores precisam notificar o RH da Petz e apresentar um certificado de adoção emitido pela ONG de origem do animal.

Plano de saúde para PET e kits boas-vindas: os benefícios do GetNinjas

Uma vez que os pets se tornaram parte da família, algumas empresas também têm apostado em replicar benefícios que antes eram extensíveis apenas aos familiares humanos, como plano médico e kit de boas-vindas, para os animais.

Desde maio de 2022, por exemplo, a GetNinjas, plataforma que conecta consumidores a prestadores de serviços em todo o Brasil, subsidia 50% do plano de saúde dos pets para os colaboradores

Atualmente estão disponíveis quatro tipos de convênios, cujas mensalidades iniciam em R$ 32. A cobertura vai desde consultas, exames, banho e tosa, até transporte e hotel para cães e gatos.

Segundo Lucas Arruda, diretor financeiro do GetNinjas, a ideia de oferecer o benefício surgiu após a empresa realizar uma pesquisa interna e descobrir que 60% dos funcionários eram tutores de pets.

“Para nós, o bem-estar dos nossos colaboradores é levado muito a sério e sabemos que a saúde e o bem-estar dos pets também precisa ser levado a sério, por isso passamos a oferecer esse benefício”, explica Lucas.

Os colaboradores do GetNinjas que adotam ou compram novos pets também recebem um kit de boas-vindas com itens que ajudam na adaptação, como brinquedos, petiscos e afins.

"Ao proporcionar essa comodidade, a empresa ajuda seus funcionários a equilibrar suas responsabilidades pessoais e profissionais, reduzindo o estresse e permitindo que eles se concentrem melhor em suas tarefas", finaliza Lucas.

Benefícios PET como forma de reforçar valores da empresa

O fato de os benefícios para os pets serem populares, sobretudo, em empresas ligadas ao mundo animal não é por acaso. Segundo os executivos, além de aumentar o engajamento e satisfação dos colaboradores, essas benesses também são uma forma de conectar os funcionários diretamente com o propósito das organizações.

Na Mars, por exemplo, a criação de políticas e benefícios para os pets dos funcionários começou bem antes disso virar uma tendência, com o intuito de promover as marcas da companhia e reforçar o compromisso com o bem-estar animal.

Há dez anos, quando começou a se falar sobre ambientes corporativos pet friendly, a empresa já permitia que os colaboradores levassem seus animais de estimação para o trabalho em qualquer dia.

Desde o início da operação no Brasil, todos os colaboradores da Mars também contam com descontos na compra dos produtos produzidos pelas marcas da empresa.

“Acreditamos que os pets fazem do mundo um lugar melhor e reconhecemos todos os benefícios da relação humano-animal. Por isso, faz muito sentido promover um ambiente de trabalho amigável para os pets dos colaboradores e oferecer diversos benefícios relacionados aos animais de estimação”, diz Simone.

Na Petz, o benefício da licença PET faz parte de um movimento maior, para incentivar a adoção de animais.

E, por isso, além de propor que outras empresas também ofereçam dias de folga para os funcionários, a companhia mantém um site para o público interno e externo com informações relevantes para tutores que acabam de adotar um bichinho.

“Há informações úteis sobre o processo de adaptação e as particularidades entre cães e gatos, informações sobre a importância do check-up e prevenção de doenças, ideias de brincadeiras e até checklists para tutores sem tanta experiência”, explica Ana Cecília de Paula e Silva, head de marketing e comunicação institucional da Petz.

Cuidados importantes ao oferecer a licença PETernidade

Como os benefícios corporativos para pets não são obrigatórios por lei, é essencial que a empresa estabeleça critérios pré-determinados de forma clara e objetiva sobre essa concessão.

No caso da licença PETernidade, por exemplo, Letícia Yumi Marques, que é professora de direito animal da Universidade Presbiteriana Mackenzie, recomenda um registro do benefício.

“Convém que a concessão do benefício seja formalizada em um documento entre empresa e o colaborador, em que constem também as hipóteses para seu eventual cancelamento. E, a critério da empresa, possíveis condições para a sua manutenção, como, por exemplo, manter em dia as vacinas obrigatórias por lei”, explica.

Benefícios para pets pode melhorar os indicadores de RH

A conexão entre colaboradores e seus pets impacta diretamente no aspecto profissional e caminha lado a lado com alguns indicadores importantes de RH, como produtividade e saúde mental.

Confira a seguir como ocorre essa relação entre benefícios para pets e indicadores importantes de RH

  • Menos estresse: A saúde dos animais lidera o ranking de preocupações dos pais dos pets. Uma empresa que permite a presença dos animais no local de trabalho ou oferece plano de saúde, por exemplo, ajuda reduzir tensões.
  • Maior produtividade e satisfação: Ao contrário do que se imagina, a presença de animais favorece a produtividade da empresa. Um estudo feito pela startup de tecnologia Fiter apontou que a taxa de felicidade aumenta de 87% para 92% entre os funcionários que trabalham em empresas onde pets são permitidos.
  • Estimula o engajamento: em um momento em que a falta de engajamento lidera as preocupações dos RHs, o benefício para animais pode dar uma forcinha. Os pais de pet tendem a se sentir valorizados pelos benefícios oferecidos pela empresa e se tornam mais colaborativos e engajados no trabalho.
  • Fortalece o employer branding: um pacote de benefícios pet reforça definitivamente a marca empregadora da empresa, principalmente quando olhamos para os mais jovens, funcionando como ferramenta de atração e retenção dos colaboradores.

Leia mais em nosso blog

ENTRE EM CONTATO

Preencha o formulário e venha ser Flash

Agende uma demonstração e conheça o lado rosa da gestão de benefícios, pessoas e despesas.

Business

20 mil

empresas

Smile

1 milhão

usuários

Premium

5 bilhões

transicionados

Centralize sua gestão de benefícios, pessoas e despesas corporativas em um só lugar

Descubra nossas soluções

Não enviaremos Spam ✌️