O que são despesas administrativas e como gerenciá-las?

Descubra o que são despesas administrativas, os principais tipos e como reduzir os custos relacionados a gestão e administração de uma empresa.

Flash

Despesas administrativas são os gastos essenciais para que uma empresa se mantenha viva. Esses gastos estão diretamente ligados à atividade principal da empresa e são vitais para o seu funcionamento. Isso significa que, para uma gestão financeira mais eficiente, todas as despesas devem estar em harmonia.

Para entender melhor o que é uma despesa administrativa, é pertinente considerar o plano de contas e a contenção das despesas gerais e administrativas da empresa.

No contexto contábil, as despesas administrativas abrangem os custos relacionados às políticas de uso responsável dos recursos da empresa. Além disso, para calcular as despesas administrativas, a empresa precisa registrar todos os gastos associados ao negócio. Isso inclui os custos fixos e variáveis e o monitoramento do controle de gastos.

É interessante ressaltar que as despesas administrativas não são ativos, mas passivos. Elas representam a saída de recursos financeiros da empresa para cobrir os custos associados à gestão e à administração do negócio.

Para as despesas administrativas, é essencial que o RH e o financeiro compartilhem seus esforços. Isso manterá a saúde financeira da empresa em conformidade e fortalecerá o crescimento do negócio.

O que são despesas administrativas e operacionais?

Despesas operacionais e administrativas são duas categorias de custos em uma empresa. Uma despesa operacional diz respeito ao custo necessário para a realização das atividades da empresa. Ou seja, são os gastos relacionados à produção ou às vendas.

Já as despesas administrativas estão relacionadas à gestão e administração da empresa. Dessa forma, as diferenças entre despesas administrativas e operacionais são o direcionamento dos gastos, administrativos ou operacionais da empresa.

Existe diferença entre despesas administrativas e despesas fixas?

A diferença fundamental entre despesas administrativas e despesas fixas está no escopo. As despesas administrativas são um subconjunto de despesas fixas e variáveis que se concentram nos gastos necessários para gerir a empresa.

Elas podem incluir tanto despesas fixas quanto despesas variáveis, dependendo da natureza do custo.

Já as despesas fixas são aquelas que permanecem constantes, independentemente do nível de atividade da empresa. Já as despesas variáveis se alteram de valor em resposta às mudanças na produção ou nas vendas.

Qual a relação entre despesas administrativas e economia de escala?

Trata-se da capacidade de reduzir despesas administrativas à medida que a empresa cresce. Com o aumento das atividades, muitos custos podem ser diluídos, levando a uma redução no custo médio por unidade produzida ou serviço prestado.

Isso resulta em maior eficiência operacional e melhora na margem de lucro, tornando a empresa mais competitiva e rentável. Uma gestão eficiente é fundamental para aproveitar os benefícios da economia de escala e garantir o sucesso de uma empresa em crescimento.

Tipos de despesas administrativas

As despesas administrativas podem ser classificadas em diferentes categorias. Cada um desses gastos desempenha um papel essencial na operação e gestão de uma empresa. Veja como classificar a partir de exemplos de despesas administrativas.

Aluguel do imóvel da empresa

Essa é uma despesa fixa que contempla o valor pago pelo aluguel do espaço onde a empresa opera. Essas instalações podem ser escritórios ou lojas, por exemplo.

Impostos (IPTU, IPVA, entre outros)

Impostos sobre propriedades e veículos são considerados despesas administrativas. Uma vez que são necessários para o funcionamento da empresa.

Pró-labore

O pró-labore é a remuneração dos sócios ou proprietários da empresa. Essa é uma despesa administrativa muito utilizada nas empresas de pequeno porte.

Depreciação

A depreciação é uma despesa que reflete a perda de valor de ativos de longo prazo, como máquinas e equipamentos. Embora não envolva um desembolso direto de dinheiro, é uma despesa administrativa que afeta a contabilidade da empresa.

Documentação

Isso inclui custos associados à elaboração e manutenção de documentos necessários para a operação da empresa. Esses documentos podem ser licenças, registros e certificados.

Gastos com departamentos jurídicos e tributários

Essas despesas envolvem os custos com advogados, consultores jurídicos, serviços legais e fiscais.

Serviços públicos

Contas de água, energia, internet e telefone, por exemplo, entram na categoria de despesas fixas. Esses serviços são necessários para o funcionamento da empresa e por isso, são considerados despesas administrativas.

Material de escritório

Compreende a compra de suprimentos de escritório, como papel, canetas, computadores, e outros itens necessários para as operações do escritório.

Material de limpeza

São os gastos com produtos e serviços de limpeza para manter as instalações da empresa higienizadas.

Contratação e demissão de funcionários

Inclui os custos associados à contratação, demissão e integração de funcionários. São, por exemplo, as taxas de recrutamento e recursos para treinamento.

Despesas de viagem

Contemplam os custos relacionados a viagens corporativas, como passagens aéreas, hospedagem, refeições e outras despesas associadas a deslocamentos necessários.

Como reduzir despesas administrativas e por que isso é importante?

A redução de custos administrativos é um aspecto crucial da gestão financeira de qualquer empresa. Isso envolve a identificação e a implementação de estratégias para diminuir os gastos administrativos do negócio. Algumas medidas podem ser tomadas para reduzir esses custos, tais como:

  • reavaliação de fornecedores e contratos;
  • automação de processos;
  • elaboração de uma política de controle de viagens;
  • implementação eficiente de tecnologias;
  • realização de monitoramentos e relatórios de despesas.

Confira nosso modelo de relatório de viagens corporativas e veja como é fácil administrar essas despesas. Essa planilha gratuita tem como objetivo categorizar as despesas e orientar quais são reembolsáveis e não reembolsáveis. Baixe agora.


A redução de despesas administrativas é importante por várias razões. Em primeiro lugar, minimizar custos pode melhorar significativamente a margem de lucro da empresa, porque as despesas administrativas são bastante expressivas dentre os custos indiretos de uma organização. Ao diminuir esses gastos, a empresa aumenta sua rentabilidade, o que é fundamental para o sucesso a longo prazo.

Além disso, a economia de recursos permite que a empresa aloque mais capital para áreas de crescimento, inovação e expansão. Essa capacidade de investir em novos projetos ou mercados pode impulsionar o desenvolvimento e a competitividade da empresa.

Com a redução dos custos administrativos, a empresa tem a possibilidade de oferecer preços mais competitivos aos clientes, o que pode resultar em um aumento nas vendas e na participação no mercado.

Além disso, quando os gastos estão sob controle, a empresa se torna mais preparada para enfrentar desafios econômicos. A eficiência operacional e a otimização dos processos também são grandes benefícios advindos da redução de custos e despesas.

Conheça a Flash e descubra como descomplicar a gestão de despesas da sua empresa. Nossa plataforma 100% online possui diversas funcionalidades para administrar viagens corporativas, reembolso de despesas e muito mais.

ENTRE EM CONTATO

Preencha o formulário e venha ser Flash

Agende uma demonstração e conheça o lado rosa da gestão de benefícios, pessoas e despesas.

Business

20 mil

empresas

Smile

1 milhão

usuários

Premium

5 bilhões

transicionados

Centralize sua gestão de benefícios, pessoas e despesas corporativas em um só lugar

Descubra nossas soluções

Não enviaremos Spam ✌️