Assine nossa newsletter

Quero assinar

Dia Internacional da Mulher: 9 ações de endomarketing para comemorar a data nas empresas

Listamos algumas ações para o Dia da Mulher que fogem do clichê de flores e batons — e ainda contribuem para a equidade de gênero nas empresas.

Flash

O Dia Internacional da Mulher se aproxima e, com o avanço do debate sobre equidade de gênero, homenagear as colaboradores com flores ou maquiagem se tornou algo clichê — e, para muitas, visto como sexista. O desafio do RH, então, é encontrar formas inovadoras de celebrar a data ao mesmo tempo em que valoriza o papel da mulher no trabalho. 

O primeiro passo é, antes de tudo, entender a importância da equidade de gênero e como combater o machismo no dia a dia das organizações. Depois é válido buscar benchmarkings de outras empresas para criar ações que vão além do dia 8 de março, como grupos de afinidade, vagas afirmativas ou mentorias. 

Mas, como celebrar as datas é algo essencial para o engajamento dos times, no próprio Dia Internacional da Mulher vale organizar palestras, folgas ou até oferecer vale-presentes para as colaboradoras. 

Angélica Madalosso, CEO e cofundadora da ILoveMyJob, hub de employer branding e marketing de recrutamento, entretanto, salienta que todas as ações devem estar conectadas com a cultura da empresa. 

"Não adianta criar uma ação inovadora e criativa, mas que não seja genuína e não tenha autenticidade no dia a dia. Os colaboradores percebem a diferença de uma empresa que só está querendo se promover na data daquelas que, de fato, estão trabalhando o tema”, afirma. 

Banner 15 - Equidade de gênero no Brasil

Por que 8 de março é o Dia Internacional da Mulher?

Antes de tudo, é válido entender um pouco mais sobre o dia 8 de março. A data teve seu teve seu início em manifestações de mulheres por melhores condições de trabalho. 

Os eventos ganharam força em 1910, durante a Conferência Internacional de Mulheres Trabalhadoras, quando a socialista alemã Clara Zetkin propôs a criação de um dia internacional das mulheres para promover direitos iguais. Entre as reivindicações do movimento estavam o direito ao voto, melhores condições de trabalho e o fim da discriminação no local de trabalho. 

O primeiro Dia Internacional da Mulher seria celebrado em 19 de março de 1911, com a manifestações por igualdade de direitos. Mais tarde, em 8 de março de 1917, trabalhadoras russas organizaram uma greve por melhores condições, marcando a partir daí a data como Dia Internacional da Mulher. 

Qual a importância do Dia Internacional da Mulher ?

Mas se 1911 parece distante e conquistas como o direito ao voto já são realidade na maioria dos países, é preciso lembrar que a data continua importante nos dias de hoje. 

Afinal, apesar de serem maioria no ensino superior, de acordo com o Mapa do Ensino Superior no Brasil 2020, as mulheres ainda recebem 20% menos que os homens, segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho). Ou seja, ainda há um longo  caminho a trilhar dentro (e fora) das empresas para alcançarmos uma sociedade sem desigualdade de gênero. 

Por isso, a importância de celebrar o Dia Internacional da Mulher nas empresas está em aproveitar a data para conscientizar sobre os obstáculos que as mulheres ainda enfrentam na carreira. Também é uma chance de pautar discussões que envolvem todos os colaboradores e reconhecer a contribuição das profissionais para o sucesso dos negócios. 

Banner 8 - Estratégias para engajar

Confira 9 ações inovadoras de endomarketing para o Dia Internacional da Mulher na empresa!  

À luz de todas essas questões, o blog da Flash reuniu então 9 ideias inovadoras para celebrar o Dia Internacional da Mulher nas empresas. Confira! 

  1. Palestras, mesas de debate, painéis e workshops com mulheres inspiradoras 

Tanto colaboradoras da própria empresa podem ser convidadas a contar suas histórias e compartilhar suas experiências quanto mulheres que sejam referência em suas áreas de atuação. A troca de experiência é uma ferramenta valiosa de empoderamento. 

"Quando eu trabalhava em um aeroporto, organizamos uma campanha em que convidamos a diretora de operações para contar sua trajetória, que havia começado como operadora de rampa. Ela havia sido a primeira mulher a ocupar o cargo, que era extremamente masculino. Quando damos espaço para histórias de mulheres, contribuímos para que outras possam se enxergar em diferentes locais no mercado de trabalho", afirma Angélica Madalosso.  

  1. Desenvolvimento profissional e pessoal 

Segundo levantamento da consultoria Grant Thornton, que ouviu 250 empresas brasileiras, as mulheres ocupam apenas 38% dos cargos de liderança no Brasil. Nesse contexto, que tal oferecer uma semana de workshops gratuitos voltados para o desenvolvimento profissional das mulheres na empresa? 

O conteúdo pode ser relacionado às áreas de atuação das colaboradoras, mas também pensar em treinamentos voltados para soft skills, com temas como liderança e comunicação, por exemplo.  

  1. Programa de mentoria 

Pensando em ações de longo prazo, uma alternativa é organizar um programa de mentoria em que mulheres em posições de liderança na empresa orientem e aconselhem colegas que não ocupam cargos de gestão. O ideal é que essa ação seja acompanhada de um plano de carreira dentro da organização. 

Nada melhor do que a data para lançar o programa ou lançar novas turmas, mostrando que a empresa está empenhada no desenvolvimento de suas colaboradoras. 

  1. Premiação e reconhecimento

É importante reconhecer e premiar as mulheres que se destacaram em suas áreas. Além de certificados, vale apostar em folgas e bonificações em dinheiro, bem como em campanhas nas redes sociais. 

Com o cartão multibenefícios da Flash, a oferta de premiações pontuais pode ser feita de forma simplificada. Isso porque é possível disponibilizar um saldo no próprio cartão da colaboradora para ela usar do jeito que quiser, de acordo com as categorias pré-estabelecidas pela empresa. 

Além de comprar em mais de 4 milhões de estabelecimentos, é possível utilizar em compras virtuais e também dentro do próprio aplicativo da Flash. Clique aqui e conheça mais sobre a solução de gestão de benefícios da Flash

Banner 1 - Produto - Benefícios

 

  1. Eventos específicos 

Promova eventos sociais, como cafés da manhã ou almoços especiais, onde as mulheres da empresa possam se reunir, interagir e compartilhar experiências de forma descontraída.

Essas ações podem ser exclusivas para as mulheres, criando espaços seguros para que elas possam expressar vulnerabilidades e compartilhar experiências entre elas. 

  1. Flexibilidade e benefícios também para dependentes

A data pode ser uma oportunidade para apresentar novos benefícios, que também contribuem para avançar a equidade de gênero. 

Implementar incentivos como horários flexíveis,  licença-maternidade e paternidade estendida, creche no local de trabalho e subsídios para cuidados com os filhos permitem um maior equilíbrio entre parentalidade e carreira. 

Já outros, como licença-menstrual, pode acolher colaboradoras que sofrem com a questão, incentivando que isso não seja um empecilho para a carreira. Como sempre, vale a regrinha de ouvir as colaboradoras antes de implementar os novos benefícios para entender suas demandas e necessidades. 

  1. Momentos de bem-estar 

Que tal oferecer momentos de bem-estar, como aulas de ioga, meditação ou sessões de relaxamento? Esses serviços podem ser oferecidos in-company ou por meio de subsídios para aulas em escolas e institutos personalizados. 

Antes de implementar as ações, vale rodar uma pesquisa para entender o que as colaboradoras gostariam, de fato. 

A Flash conta com um programa de parceiros, em que mais de 150 empresas oferecem condições especiais para serviços de bem-estar físico e emocional. Clique aqui e leia mais sobre as vantagens para empresas de ser cliente Flash.

  1. Campanhas para o empoderamento da mulher e de conscientização para toda a empresa 

Invista em campanhas de empoderamento que se estendem por todo ano e não se limitam ao Dia Internacional da Mulher para destacar a importância delas na empresa. 

Importante também investir em conscientização para todo o quadro de funcionários, com campanhas contra o machismo e pela igualdade, letramento sobre equidade de gênero e treinamentos para a liderança sobre o tema. 

“Se a companhia está evoluindo nessa frente, tem iniciativas constantes, pode utilizar o momento não só para celebrar, mas para promover educação interna e para o mercado. O que também torna o meu posicionamento de marca empregadora mais robusto”, diz Angélica Madalosso.

9 - Planos de carreira e vagas afirmativas 

Mostre que a luta pela equidade na empresa não se limita a datas importantes e invista em ações e práticas para aumentar o número de mulheres no quadro da empresa. 

Uma opção é começar um trabalho proativo para que sempre tenha representatividade feminina no recrutamento. Outra ação é criar programas de recrutamento exclusivos com foco 100% em mulheres. 

Por fim, não descarte planos de carreira e recrutamentos afirmativos também para posições de liderança, em que elas ainda são minoria.

ENTRE EM CONTATO

Preencha o formulário e venha ser Flash

Agende uma demonstração e conheça o lado rosa da gestão de benefícios, pessoas e despesas.

Business

20 mil

empresas

Smile

1 milhão

usuários

Premium

5 bilhões

transicionados

Centralize sua gestão de benefícios, pessoas e despesas corporativas em um só lugar

icon-form

Descubra nossas soluções

Não enviaremos Spam ✌️