Manual prático da PLR: veja como estruturar um plano de bonificação efetivo

Participação nos Lucros e Resultados (PLR) é um modelo de remuneração que as companhias recompensam seus funcionários pelos bons resultados, o blog da Flash preparou um manual prático. Confira!

Flash

Ter um programa de participação nos lucros e resultados bem estruturado é essencial para reter, motivar e engajar os talentos. Um estudo do National Bureau of Economics Research, da Universidade de Cambridge, nos EUA, mostrou que os trabalhadores que têm bonificações como a PLR tendem a se identificar mais fortemente com a empresa do que aqueles que não recebem esse tipo de benefício.

Além de estimular a retenção de colaboradores, esse tipo de remuneração funciona como um incentivo importante para que a equipe cumpra objetivos que influenciam direta ou indiretamente na lucratividade da empresa.

Pensando nisso, preparamos um e-book gratuito com todas as informações que o RH precisa ter para estruturar um programa eficiente de participação nos lucros e resultados. Baixe nosso guia definitivo da PLR e esclareça todas as suas dúvidas.

O que é PLR?

Sigla para Participação nos Lucros ou Resultados, a PLR nada mais é do que uma remuneração variável que as empresas podem oferecer aos seus funcionários como forma de incentivo e reconhecimento pelo desempenho.

De forma objetiva, é um bônus calculado com base nos resultados da organização.

Esse formato de bônus está previsto na Lei da PLR (Lei nº 10.101/00), que veio para regulamentar um direito dos trabalhadores urbanos e rurais já previsto na Constituição Federal. Conforme diz a lei, trata-se de “um instrumento de integração entre o capital e o trabalho” e um “incentivo à produtividade”.

Como estruturar a PLR?

De modo geral, as empresas estabelecem metas para que a bonificação aconteça. As mais comuns são:

  • Desempenho do funcionário: podem entrar outros fatores, como produtividade, performance e metas atingidas;
  • Resultado geral da empresa: se a meta de lucro, rentabilidade ou crescimento da organização tiver evolução.

Quer mais dicas para estruturar um plano de PLR na sua empresa? Então, baixe agora nosso Guia definitivo da PLR e tenha acesso à checklist da PLR.

Qual é a diferença entre PLR e PPR?

Por serem parecidas, as duas siglas costumam ser confundidas. Mas existem diferenças nestas formas de bonificação.

PLR (Participação nos Lucros e Resultados): está relacionada ao cumprimento de metas específicas do funcionário, setor ou da empresa ao longo do ano. E, ainda que não haja lucros, o pagamento é realizado se o objetivo pré-determinado tiver sido alcançado.

PPR (Programa de Participação nos Resultados): está relacionada a uma iniciativa criada pelas empresas, para incentivar e reconhecer o desempenho dos funcionários. Pode ser alcançada de forma mais simples e o pagamento pode ou não ser realizado.

Vantagens para a marca empregadora

A principal vantagem da implementação da PLR, é a percepção obtida pelos colaboradores de que estão sendo valorizados e reconhecidos pelo seu trabalho.

Confira os 3 benefícios desta bonificação para o employer branding:

  1. Incentiva da produtividade: receber uma bonificação é um fator de alta motivação para os colaboradores.
  2. Não sobrecarrega a folha de pagamento: a PLR não é tributada, sendo assim, não onera a folha de pagamento da sua empresa.
  3. Melhora a retenção de talentos: profissionais que se sentem valorizados tendem a se manter na organização, o que melhora os índices de turnover.


Quer descobrir outras vantagens da participação nos lucros e resultados? Então não deixe de fazer download de nosso ebook gratuito “Guia Definitivo da PLR”.

Formas de pagamento

A Lei 10.101 determina que é vedado o pagamento em mais de duas vezes por ano, sendo que os períodos devem respeitar o intervalo de três meses. O pagamento da PLR pode ser realizado em acordo coletivo ou dividido em duas formas:

  • Individualmente ou por área: o benefício é concedido com base na performance de cada colaborador durante um determinado período. O mesmo acontece quando a bonificação é paga de acordo com o resultado de um setor. A principal vantagem dessa opção é que o colaborador recebe um estímulo a mais para participar dos objetivos da empresa.
  • Para toda a companhia: a empresa determina uma meta de lucro a ser cumprida e, caso ela seja alcançada, os funcionários recebem um percentual igual de PLR. Ou seja, independentemente da produtividade e do desempenho dos colaboradores, todos receberão o mesmo valor.

Veja mais ebooks gratuitos em nosso blog:

+ Como criar uma filosofia de remuneração eficiente na sua empresa

+ People Analytics: um guia prático para o RH

+ Calendário RH 2023: organize suas tarefas e ações de engajamento

ENTRE EM CONTATO

Preencha o formulário e venha ser Flash

Agende uma demonstração e conheça o lado rosa da gestão de benefícios, pessoas e despesas.

Business

20 mil

empresas

Smile

1 milhão

usuários

Premium

5 bilhões

transicionados

Centralize sua gestão de benefícios, pessoas e despesas corporativas em um só lugar

Descubra nossas soluções

Não enviaremos Spam ✌️