Endomarketing: as melhores práticas e as estratégias da Lojas Renner para encantar colaboradores

Descubra como aumentar o engajamento dos colaboradores com estratégias de endomarketing. E veja como a Renner faz isso na prática

Flash

Imagem não encontrada

Quando começou a falar de endomarketing, lá nos anos 1970, Saul Fainsgaus Bekin estudava formas de gestão de conflitos entre os colaboradores. De lá para cá, muita coisa foi incorporada ao conceito, mas uma coisa é certa: o endomarketing continua a ser uma ferramenta importantíssima para as empresas promoverem um bom relacionamento com os colaboradores.

O endomarketing, ou marketing interno, é uma estratégia poderosa para criar um ambiente de trabalho positivo, incentivando o engajamento dos colaboradores com os objetivos e valores da organização.

“Pessoas engajadas e que se sentem parte da solução trabalham com mais eficiência, tendem a permanecer na empresa por mais tempo, oferecem melhores entregas e reforçam os valores e identidade da empresa, criando uma cultura de atração de novos profissionais e valorização da marca”, afirma Ricardo Gomes, professor da FIA Business School.

E por que o endomarketing funciona tanto? Justamente porque, ao contrário do que muitos pensam, não existe um manual do endomarketing. De acordo com o especialista, o que as melhores empresas têm feito é ouvir o que é importante para cada colaborador. E isso faz toda a diferença nos resultados.

“É um desafio, mas não é impossível. Há o exemplo de uma gigantesca empresa que realiza quinzenalmente uma pesquisa com seus 14 mil colaboradores no Brasil. O objetivo é saber como eles estão em pontos-chaves que podem alterar o desempenho no trabalho”, explica.

As respostas, sem a identificação do respondente, tornam-se tema de conversas de alinhamento e de busca de soluções específicas. “Além de humana, essa prática é útil e tem alterado os números positiva e significativamente”, afirma.

Para se aprofundar: eNPS - o guia definitivo para medir a experiência dos funcionários na sua empresa

A seguir, confira estratégias de endomarketing para ter equipes altamente engajadas e o que a Lojas Renner tem feito para chegar lá!

O que é endomarketing?

Também conhecido como marketing interno, o endomarketing desenvolve ações para estreitar o relacionamento da organização com os funcionários.

“É uma abordagem estratégica que tem o objetivo de engajar, motivar e alinhar os colaboradores com os objetivos e valores da organização. É um pilar fundamental para o desenvolvimento de uma cultura organizacional forte, porque promove o compartilhamento de crenças e valores que orientam a visão e o comportamento das pessoas, criando comprometimento e coesão nos times”, define Gomes.

Como fazer endomarketing na prática?

O marketing interno se dá por meio de uma variedade de estratégias. Essas táticas podem ir desde a oferta de benefícios flexíveis e treinamentos para desenvolvimento profissional até a elaboração de campanhas e eventos para os funcionários, como você verá mais à frente.

E, para que iniciativas como essas tenham sucesso nas empresas, é essencial a união de dois times. O RH e o marketing devem trabalhar juntos para criar uma comunicação interna coerente e interessante para os colaboradores.

Enquanto a equipe de gestão de pessoas é responsável por identificar as necessidades dos colaboradores e elaborar políticas para um ambiente de trabalho engajador, cabe ao time de comunicação criar e promover as mensagens, de modo que despertem a atenção dos funcionários.

Leia também: Veja 6 passos para estruturar um plano de comunicação interna

Vale lembrar que não existe um manual de ações pré-estabelecidas para o endomarketing. O ideal é o RH conhecer os colaboradores e suas necessidades, para traçar estratégias que realmente façam sentido para a empresa.

Outra prática importante é estar de olho no mercado e conhecer táticas utilizadas com sucesso por outras empresas. Por isso, buscamos o case de sucesso de endomarketing da Lojas Renner S.A. para inspirar o seu RH.

Lojas Renner S.A. aposta no endomarketing para engajar colaboradores

Com mais de 21 mil colaboradores atuando nos canais digitais e nas mais de 600 lojas no Brasil, Argentina e Uruguai, a Lojas Renner S.A tem 86% do time engajado em 2023. O dado surpreendente é de uma pesquisa interna anual realizada por uma consultoria contratada pela empresa.

Segundo Lisiane da Silveira, gerente de Cultura, Comunicação Interna e Experiência do Colaborador da Lojas Renner, esse indicador representa a força da cultura da empresa, e o trabalho de endomarketing colabora para que a proposta de valor ao colaborador seja melhor percebida por eles.

“Acreditamos na comunicação transparente e no compartilhamento de informações para engajar as equipes com os desafios do negócio e com o propósito de encantamento da empresa. Gente engajada irá encantar nossos clientes, e clientes encantados geram resultados sustentáveis”, diz.

Para fazer essa roda girar, a cultura organizacional e a proposta de valor são pautas fixas na linha editorial interna da empresa, Para a Lojas Renner, a liderança é o primeiro e principal canal de comunicação com os funcionários.

“Instrumentalizamos os líderes para que eles transmitam para suas equipes, de forma clara e atrativa, as informações sobre normas, processos, desafios e estratégias”, afirma.

A empresa também se vale de outros meios, como uma rede social interna, para fazer a informação chegar aos colaboradores. Tudo com uma linguagem acessível e próxima ao tom de voz do público interno.

Recursos visuais e lúdicos, como gamificação e enquetes, também são usados nas comunicações. Tem até websérie, como no caso da campanha do "Esquadrão do Encantamento", cujo objetivo foi a conscientização de uma pauta atual e importantíssima para as empresas: a segurança da informação.

Nos episódios, foram retratadas situações reais em que os colaboradores passaram ou poderiam viver. O objetivo foi gerar identificação e entendimento dos riscos cibernéticos diários, além de explicar como evitá-los.

“Cada episódio tem uma pitada de humor. Apesar de ser um tema sério, a ideia era ser um conteúdo leve, disruptivo e engajador”, completa Lisiane.

O formato foi escolhido a dedo: além de dar flexibilidade para os colaboradores assistirem aos episódios, considerando as diferentes localidades onde estão, a websérie permitiu explorar diferentes temas a cada capítulo e manter o tema em circulação por mais tempo!

Por que o endomarketing é importante para o sucesso da sua empresa?

Quando os colaboradores se sentem valorizados e inspirados, tornam-se mais dispostos a contribuir com seu máximo potencial. Isso contribui para o aumento da produtividade, da qualidade do trabalho e, como consequência, do sucesso da empresa.

Por outro lado, o fracasso em implementar campanhas de endomarketing eficazes pode resultar em descontentamento entre os funcionários, desmotivação e aumento do turnover. Sem contar que a insatisfação pode impactar negativamente a qualidade do produto ou serviço oferecido para os clientes.

Além disso, num mercado tão competitivo por talentos, empresas que não conseguem manter a equipe engajada correm o risco de perder colaboradores incríveis, o que pode prejudicar ainda mais o crescimento e a estabilidade do negócio.

Impactos do endomarketing na marca empregadora

O marketing interno exerce grande influência na marca empregadora. Colaboradores engajados têm o potencial de se tornarem embaixadores entusiasmados da empresa, compartilhando experiências positivas com seus contatos pessoais, profissionais e nas redes sociais! Já pensou nesse poder de influência para o negócio?

Essas recomendações ampliam a reputação da empresa como um local de trabalho atrativo e inspirador, impactando a decisão de futuros candidatos e tornando a marca empregadora um ímã de talentos.

9 estratégias de endomarketing para engajar os colaboradores

“No mundo acelerado e volátil em que vivemos, o endomarketing é uma

ferramenta-chave para desacelerar a rotatividade de pessoas e os custos diretos e

indiretos que isso acarreta”, completa o professor da FIA Business School.

E se o marketing interno está totalmente relacionado ao comprometimento, podemos sentir muitos mais benefícios. Um extenso estudo realizado em 2020 pelo Instituto Gallup, que revisou os dados de desempenho de mais de 100.000 equipes, tangibiliza em números os benefícios do engajamento e seu impacto na melhoria dos indicadores de RH:

  • Têm 81% menos absenteísmo;
  • Possuem de 18% a 43% menos rotatividade;
  • Apresentam 64% menos acidentes;
  • São 18% mais produtivas em relação às vendas;
  • Apresentam 23% mais rentabilidade;
  • Aumentam em 10% a fidelização dos clientes.

Veja 9 dicas para aplicar estratégias incríveis no endomarketing da sua empresa:

1. Investir em uma comunicação interna eficaz

Informar é a chave para garantir o alinhamento das equipes com a cultura, os processos e os projetos da organização.

“Manter as pessoas informadas sobre os objetivos da empresa, planos importantes e decisões estratégicas, na dimensão do que pode ser comunicado, claro, gera alto índice de pertencimento e engajamento para o trabalho”, destaca o professor da FIA.

Por isso, muito além dos conhecidos e-mails corporativos, vale usar a criatividade para se comunicar com os colaboradores. Materiais interativos, campanhas e até mesmo eventos de engajamento são ótimas táticas de marketing interno.

2. Rever os benefícios constantemente

Em uma pesquisa realizada no início de 2023 pela plataforma Futuros Possíveis com mais de 2.000 mil pessoas, 74% dos entrevistados concordaram que a satisfação com o trabalho vai além da remuneração, prioridade para 40% dos entrevistados.

Por isso, a política de benefícios corporativos deve ser revisada constantemente. Uma boa iniciativa é lançar pesquisas de satisfação periódicas com os colaboradores, para saber se gostam dos benefícios já existentes e quais outros eles gostariam de receber. Assim, é possível utilizar os benefícios para mantê-los ainda mais engajados.

3. Estruturar um onboarding completo

Os programas de integração representam um dos primeiros passos na criação de uma experiência positiva para os novos funcionários. Por isso, são estratégias de endomarketing mais do que indicadas.

“Um onboarding sólido é importante para o colaborador se adaptar rapidamente e se integrar à cultura da empresa”, afirma Gomes.

Resultado: desde o início, o colaborador se sente valorizado, engajado e pronto para ajudar a empresa a evoluir. Não à toa, empresas premiadas com o título Great Place to Work em 2022 investiram, em média, 292 horas no onboarding dos novos profissionais.

4. Valorizar o time por meio de treinamento e desenvolvimento

Investir na capacitação dos colaboradores enriquece as habilidades de seus funcionários, impulsionando o crescimento do próprio negócio.

Equipes preparadas para os constantes desafios do mercado garantem competitividade à organização e ampliam as chances de que ela seja disruptiva, liderando o futuro do mercado em que atua.

Empresas consagradas com o prêmio GPTW em 2021, por exemplo, dedicaram cerca de 640 horas para o treinamento formal dos colaboradores.

“Planos de desenvolvimento e acompanhamento individual de carreira também estão entre as melhores práticas para engajar os colaboradores”, cita Gomes.

Se por um lado essas estratégias evidenciam o comprometimento da empresa com o progresso do colaborador, por outro ajudam as organizações a cultivarem talentos internos, que fazem a diferença para qualquer empresa crescer.

5. Desenvolver uma cultura organizacional positiva

É papel do endomarketing cultivar uma cultura organizacional positiva, que promova valores como respeito, inclusão e diversidade. Funcionários engajados tendem a se identificar com a cultura e os princípios da empresa, pois se sentem parte de algo maior.

“Empresas de destaque estão envolvendo os colaboradores na participação de causas sociais, o que também tem provocado resultados positivos. Hackathons, competições de inovação, palestras e celebrações culturais podem fortalecer o senso de comunidade”, ressalta o professor da FIA.

Segundo ele, várias organizações também têm criado programas de formação de mentores internos e embaixadores para temas ou objetivos específicos. “Eu tenho trabalhado em alguns deles e o que isso gera dentro da cultura é quase inacreditável”, completa.

6. Incentivar participação e voz ativa

Incentivar os funcionários a participar ativamente no processo de tomada de decisões é uma maneira de aumentar a motivação.

Isso pode envolver desde a realização de reuniões de equipe para discutir ideias até a criação de diferentes canais, especialmente nas grandes corporações, para receber sugestões de melhorias e de ações para solução de problemas.

7. Realizar pesquisas de clima organizacional

Investigar e ouvir o que é importante para os colaboradores, inclusive numa perspectiva individual, é umas das práticas que grandes empresas têm adotado para entender o que faz a diferença para força de trabalho. É aí que entram as pesquisas de clima organizacional.

Além disso, elas são muito úteis para retroalimentar e aprimorar o processo de marketing interno das empresas, na medida que podem ser usadas para medir a satisfação dos funcionários com as ações realizadas.

8. Fazer eventos de integração

Da comemoração dos aniversariantes do mês ao happy hour durante a semana. Da reunião com o time no escritório ao dia dedicado fora dele para atividades com a equipe. Todas essas são ações que proporcionam momentos de descontração e relaxamento, além de fortalecer os laços entre os colaboradores.

Numa altura dessas, você já deve suspeitar dos benefícios desse tipo de estratégia: funcionários que se sentem parte de uma equipe unida e conectada tendem a ser mais engajados, leais à empresa e motivados a contribuir para o sucesso organizacional.

9. Investir em programas de reconhecimento e recompensas

Ao reconhecer os esforços e contribuições dos funcionários, as organizações demonstram seu apreço e valorização pelas pessoas, promovendo um ambiente de trabalho positivo!

As recompensas podem assumir diversas formas. As financeiras, como bônus e participação nos lucros, são as mais conhecidas. Mas elogios públicos, prêmios, agradecimentos pessoais e até mesmo oportunidades de desenvolvimento profissional também são capazes de elevar a autoestima e fortalecer o elo com qualquer colaborador.

Por fim, vale lembrar: as ações de endomarketing podem variar de acordo com a cultura e as necessidades específicas de cada empresa. O importante é desenvolver estratégias para criar um ambiente em que os funcionários se sintam valorizados, motivados e comprometidos com o sucesso da organização.

Continue lendo:

ENTRE EM CONTATO

Preencha o formulário e venha ser Flash

Agende uma demonstração e conheça o lado rosa da gestão de benefícios, pessoas e despesas.

Business

20 mil

empresas

Smile

1 milhão

usuários

Premium

5 bilhões

transicionados

Centralize sua gestão de benefícios, pessoas e despesas corporativas em um só lugar

Descubra nossas soluções

Não enviaremos Spam ✌️